domingo, 9 de junho de 2013

CAPÍTULO 6 PARTE 2

Ele entrelaçou os dedos em seus cabelos, aparentemente deleitando-se com as mechas longas e lisas. Ela inclinou-se e mordiscou-lhe o pescoço gentilmente, arrepiando-se ao sentir o leve gosto de sal.
Sua virilidade agora provocava o ponto entre suas pernas através da calcinha, numa deliciosa tortura, e Demi movimentou os quadris, buscando uma conexão mais profunda, querendo senti-lo dentro de si. Tinha ciência disso, mesmo que nunca tivesse tido tal experiência antes.
De alguma maneira, eles se moveram e Joe sentou-se na lateral da cama, na frente de Demi. Envolvendo um braço em sua cintura, ele a puxou para mais perto. Então levou as mãos para suas costas e abriu-lhe o sutiã, deixando-o cair no tapete. Os bicos dos seios de Demi enrijeceram ainda mais sob o olhar ardente.
Joe segurou um seio, a mão grande e bronzeada contra a pele clara. Ela não teve tempo de se sentir envergonhada, porque ele a pressionou ainda mais junto ao seu corpo e Demi teve de pôr as mãos nos ombros largos para firmar-se. Mas não estava preparada para a sensação quando uma boca quente e molhada envolveu seu mamilo, a língua provocando o bico com movimentos eróticos. Demi ofegou, sua barriga se contraindo, suas mãos apertando os ombros dele convulsivamente.
Entre as pernas, podia sentir a ereção de Joe, e, instintivamente, fechou-as, prendendo-o. Ele afastou a boca de seu seio. Bruxa repetiu, antes de tomar-lhe o outro mamilo na boca.
Desta vez, Demi gritou. Sentia-se tão úmida no ápice de suas coxas que estava embaraçada. Aquilo era normal?
Como se lendo seus pensamentos, Joe levou as mãos para as laterais de sua calcinha e puxou-a para baixo. Subitamente encabulada, Demi deteve-lhe as mãos. Seu rosto queimava. E se o que estava sentindo não fosse normal? Mas, com surpreendente gentileza, ele afastou-lhe as mãos e removeu-lhe a calcinha.
Ela estava completamente nua agora, exposta. E então sentiu uma mão segurar sua nádega direita. Olhou para baixo, notando as pupilas dilatadas de Joe. Eles já estavam ambos ofegantes, brilhando com leve transpiração.
A outra mão grande foi para o interior de suas pernas, enviando calor para onde ela estava mais sensível. Ela parou de respirar. Dedos hábeis começaram a explorar suas dobras secretas. Demi pensara que não poderia aguentar mais daquelas sensações, todavia o prazer daqueles toques tão íntimos quase a fez desmaiar.
Dio. Você é inacreditavelmente responsiva.
As palavras dele foram perdidas para Demi, enquanto ela inclinava a cabeça para trás. Com uma ousadia que não podia impedir, abriu mais as pernas, permitindo-lhe acesso. Dedos deslizaram para dentro de seu centro úmido, fazendo movimentos rítmicos e enlouquecendo-a de prazer. E, quando ele usou o polegar para lhe pressionar o clitóris, ela gritou. .
Levantando a cabeça, Demi o fitou, genuinamente mistificada por aquelas sensações que pareciam se centrar ao redor de sua barriga e entre suas pernas. Seus movimentos se tornaram mais instintivos, mais desesperados. Ela não estava mais no controle de seu corpo. Estava literalmente nas mãos daquele homem, e à mercê de alguma coisa consumidora demais da qual não podia fugir.
Ela agarrou-lhe os ombros. Precisava se apoiar em alguma coisa. E então, após uma escalada que pareceu infinita, subitamente estava suspensa numa altura que nunca soubera existir. Com um simples toque do polegar de Joe no triângulo entre as pernas, Demi mergulhou numa onda de sensações espasmódicas, seu corpo inteiro enrijecendo e liberando. O prazer era tão fantástico que ela não pôde acreditar que tinha esperado tanto tempo para experimentar aquilo.
Todas aquelas conversas tolas que ouvira por anos finalmente faziam sentido, pensou sonhadoramente enquanto sentia Joe erguê-la e colocá-la na cama. Sonolenta, observou os movimentos agitados de Joe, enquanto ele pegava um pacotinho de alumínio da gaveta do criado-mudo, abria-o e deslizava um preservativo em sua ereção... a qual parecia ainda maior. Ela estava grata que ele pensara em proteção, porque isso nem sequer passara por sua cabeça, e a falta da mesma não a teria contido de forma alguma. Não quando, àquela altura, mal podia se lembrar de quem era.
Ele estendeu-se ao seu lado, e o corpo de Demi foi novamente despertado imediatamente. Momentos atrás, ela estava pronta para dormir, mas agora desejo estava se construindo do novo. Com maior intensidade ainda. De algum modo, ela sabia que o que acabara de experimentar não era nada comparado ao que estava por vir. A antecipação quase lhe causou medo. Poderia suportar um prazer ainda mais intenso?
Joe deslizou uma mão pelo seu corpo, sobre suas curvas e bicos de seus seios. Em seguida, a boca seguiu a mesma trilha, até envolver um mamilo e deixá-la em chamas. Demi segurou-Ihe a cabeça entre seus seios e gemeu. Ele acomodou-se entre suas pernas, antes de levantar a cabeça, libertando-se das mãos possessivas dela. Paciência...
Ele ergueu-lhe os quadris e usou as coxas para lhe apartar mais as pernas. Demi podia sentir o pênis contra as dobras sensíveis de seu sexo. Seu corpo estremeceu em resposta.
Diga-me o quanto você quer isso demandou ele, a voz rouca excitando-a ainda mais.
Como eu nunca quis qualquer outra coisa respondeu ela com sinceridade, uma onda de emoção envolvendo-a. Sabia agora que estava lá porque sentia muito mais do que apenas uma conexão física com aquele homem.
Fale que você precisa disso murmurou ele e, com um movimento sutil, Demi sentiu a ponta da ereção penetrá-la. A Intrusão era nova e, ao mesmo tempo, familiar. Mais uma vez, ela teve a estranha sensação de já ter dormido com ele antes.
Oh...
Ele deslizou um pouco mais fundo.
  Fale demandou com uma voz rouca. Instintivamente, Demi ergueu os quadris, fazendo com que ele deslizasse um pouco mais. Então levantou a cabeça.
Eu preciso disso... preciso de você. Por favor, Joe...por favor.
Com um gemido de pura satisfação masculina, Joe segurou-lhe os quadris, abaixou a cabeça e tomou um dos mamilos na boca. Ao fazer isso, enterrou-se dentro dela, completamente. Demi gritou, incapaz de se conter. Tinha ouvido dizer que doía, mas tudo que sentiu foi um prazer tão intenso que poderia ter chorado.
Joe afastou-se, um olhar interrogativo no rosto.
Eu machuquei você?
Ela balançou a cabeça vigorosamente.
Não... Eu apenas... nunca me senti assim antes.
Relaxando as feições, Joe segurou-lhe os quadris e começou a investir, o ritmo cada vez mais acelerado. E, com cada investida, ela escalava para um lugar ainda mais alto, deixando o pico que alcançara previamente na poeira.
Joe a chamara de bruxa, mas ele era um mago. A pele deles estava molhada de suor e Demi suplicou quando os movimentos se tornaram rápidos demais.
Por favor, Joe... por favor.
E, então, subitamente ela estava lá. Seu corpo enrijeceu e ela prendeu a respiração, abrindo os olhos para fitá-lo. O brilho nos olhos escuros era inescrutável, pensou, segundos antes que seus músculos internos se contraíssem ao redor do membro poderoso. No momento que começou a cair, Demi sentiu o choque de outro pico se aproximando. E, quando os movimentos de Joe pararam, e ele também enrijeceu, ela começou a mergulhar novamente, desta vez com ele, enquanto o sentia liberar o prazer em seu interior.
O peso de Joe era delicioso sobre ela. As pernas de Demi o envolviam, os braços lhe rodeavam o pescoço. Nunca mais queria deixá-lo. A sensação de conexão era maravilhosa. Seus corações batiam em conjunto contra seus peitos.
Após longos momentos, Joe libertou-se. Acomodou-os de lado, aninhando as costas de Demi contra seu peito, e envolvendo-lhe a cintura com um braço. Demi começou a mergulhar num sono tranquilo, pela primeira vez em muito tempo, sentindo paz. Como se tivesse chegado em casa, depois de uma árdua e longa jornada.

 --------------------------------------------------------------------------------------------
Minhas palavras para o capítulo ..... sem palavras, poxa o capítulo anterior só teve 2 comentários, mais como estou sem tempo resolvi postar logo porque prometi, mas quero mais comentários nesse,comentem!!!   

8 comentários:

  1. pooosta mais, amei o capítulo...
    mal vejo a hora deles acordarem :P

    ResponderExcluir
  2. AAA poosta logo, ta lindo demais, quero só ver quando joe revelar a verdade u_u

    ResponderExcluir
  3. Ufa!!!
    ... Isso sim é um Hot.
    Bravo Joe

    ResponderExcluir
  4. Sem palavras Amei.. <3 Posta Logo <3

    ResponderExcluir
  5. não acredito muito muito lindo hot demais

    ResponderExcluir
  6. adorei esse hot
    posta logo please
    beijos

    ResponderExcluir