sábado, 1 de março de 2014

CAPÍTULO 50

Joseph observou os portões se fecharem silenciosa­mente depois da passagem do carro que levava Ash e o filho dela para o aeroporto. Foi tomado por uma sensa­ção de inquietude e ansiedade. Alívio, apenas alívio. Não era mais responsável por Graham. As últimas 48 horas lhe provaram que não levava jeito para ser pai.
Se não fosse por Demi, Graham poderia ter morrido, como Mike. Demi. Outro fio solto. Assim que lidasse com ela, sua vida voltaria ao normal, e ele e Sarah po­deriam voar de volta para o Arizona com apenas dois dias de atraso.
Pensou em sua falta de reação ao ver Ash de novo... não sentira desejo por ela. Não a desejava há muito tempo, mesmo antes de descobrir que o traíra. Pudera esconder dele a gravidez porque passavam meses seguidos sem se encontrar, e nunca perdera o sono por causa dela. E jamais esperara que deixaria um bebê interferir em sua carreira.

Mas não interferira, não realmente. Deixara Graham com uma babá pouco confiável e partira para o exterior, para perseguir a carreira. A raiva o queimou. Se aconte­cesse de novo... Então o quê? Nada. Já decidira que não queria ser pai. Joseph mentalmente lavou as mãos do problema. Precisava ter sua vida de volta. Mas, primeiro, Demi. Por que estava ali, pensando em vez de resolver o problema? Era só fazer um cheque e provi­denciar para que ela e Cody fossem levados para casa. Simples.

COMENTEM!!!!

11 comentários:

  1. postaaaaaaaaaaaaaaa!!!

    ResponderExcluir
  2. aiiiiiiiiiiiiiiiiiiii !!! e agora ?????

    ResponderExcluir
  3. posta logo, anciosa para saber o que vai acontecer. postaaa logoooo please.

    ResponderExcluir
  4. posta logooooo pleaseeeeeeeeeeeee!

    ResponderExcluir
  5. surtando aquiiii!!!posta !

    ResponderExcluir
  6. please posta logo !!!

    ResponderExcluir
  7. mmmmmmmmmmmmaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaissssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir