segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

CAPÍTULO 14 E SELINHOS

O silêncio ficou denso. Ela se deparou como olhar cor de mel e, de repente, ele tomou consciência de cada centímetro de seu corpo, de sua feminilidade e de cada suspiro. Demi colocou a coluna ereta no intuito de aliviar a sensação de formigamento que sentia nos seios.
Apoiando a mão na parede ao lado dela, Joe inclinou a cabeça para lhe dar um beijo discreto e sensual no canto da boca. Suspirando, ela virou a cabeça para buscar um contato mais direto. Ela sentia a respiração dele em seu queixo, ele brincava com o lábio inferior macio e carnudo de Demi e passava a língua no lábio superior com movimentos rápidos e eróticos.
- Joe - ela inclinou-se para frente pedindo mais, todo seu corpo estava em chamas com o sabor apaixonante da boca dele.
- Sr. Jonas - uma voz masculina vinha da direção da sala principal.
De volta à realidade, Demi se afastou de Joe com se tivesse sido violentamente insultada.
- Relaxe, é apenas o agente - Joe suspirou, contente. - Venha para casa comigo.
Corada, Demi retrucou:
- Pode esquecer! - E correu para receber o agente.
Joe passou o dedo impacientemente pelos cabelos negros e expirou assobiando. Ele a convenceu a aceitar seus termos e agora esperava o máximo o mais rápido possível. Mas estava desnorteado, pois acreditava conhecer muito bem Demi, a delicada, gentil e serena mulher. No momento, ele estava lidando com uma mulher completamente teimosa e colérica.
Em algumas horas Demi estaria saindo do Rancho Craighill para sempre e fixando residência em Oakmere Abbey como mulher de Joe. O casamento que ele jurou que queria que fosse real seria uma experiência. Se ele traísse sua confiança, estaria tudo acabado. Ela teria que lutar sozinha e agarrar-se ao que acreditava. Nenhuma espera infinita se igualaria à de Joe Jonas, ela não poderia cometer o erro de se envolver emocionalmente com ele de novo. Um marido infiel que partiu seu coração e a humilhou nunca a faria feliz. Pelo mesmo motivo, ela foi ao médico e começou a tomar pílulas. Não poderia correr o risco de engravidar em um casamento que não duraria. Joe forçou-a a entrar em um casamento que ela desejava deixar para trás. Se bem que, nas últimas semanas, ele foi totalmente atencioso e prestativo. Apesar de ela não o ter visto pessoalmente, ele telefonou todos os dias e se empenhou ao máximo para garantir que tivesse toda a assistência necessária.
Joe lhe enviou um enxoval, pois ele sabia que ela detestava fazer compras e presumiu que Demi ficaria feliz de se livrar dessa tarefa. Mas Demi não estava totalmente satisfeita. O fato de Joe comprar roupas para ela só a fazia lembrar o quanto ele era mulherengo, que entendia mais de vestuário feminino e tamanho do que ela julgava ser aceitável. .
Ciente disso, Demi expressou desânimo diante o lindo vestido de gola alta e do bolero pendurado atrás da porta. Definitivamente, aquele não era o seu estilo. Estava claro que Joe pretendia se comportar como se o dia fosse uma ocasião especial. O enxoval também deve ser um forte indício de que algum de festa surpresa estava para acontecer. Ela ficou assustada com a possibilidade em potencial de mais uma vez ter que receber os amigos e parentes de Joe com um vestido de noiva.
Havia uma coleção de revistas na limusine que foi buscá-la e ela pegou uma sobre moda, sem muito interesse, até que um rosto familiar a fez congelar. Blanda Morikis. Ela atuava como atriz de novelas antes de casar-se com um cantor de rock britânico. A morte recente do cantor e a subsequente disputa dos bens pelas ex esposas e filhos renderam mais do que as linhas. Blanda continuava incrivelmente bonita.
No dia em que Demi se casou com Joe, Blanda tentou roubar a cena a todo custo. Blanda também vestia branco e inevitavelmente estava bem melhor que ela.
- Que grande garota você é, em todos os sentidos, Pudim - Blanda sussurrou com sua voz açucarada para Demi quando ninguém estava por perto. - Coitado do Joe, não poderá fechar os olhos e fingir que  sou eu com ele na cama esta noite!
- Pare com isso - Demi advertiu em voz baixa.
- Não, parar é a única coisa que Joe e eu não faremos. Aproveite sua aliança de casamento, é o máximo que terá dele. Por que acha que não terá uma lua-de-mel? Joe se recusa a ficar longe de mim por muito tempo.
Revivendo aquelas lembranças venenosas, Demi tremeu. Blanda rapidamente enfatizou suas ameaças com uma demonstração ofensiva de seu poder sobre Joe, quando Demi percebeu que Joe tinha desaparecido, ela não queria acreditar que poderia encontrá-lo com a loura bonitona. Qualquer confiança que ela tinha em seu noivo foi por água abaixo quando viu Blanda nos braços dele. Ainda assim, Demi desejava acreditar que a explicação que Joe lhe dera na semana passada fosse verdade. Talvez Blanda tivesse tramado e instigado aquilo talvez Joe tivesse rejeitado as investidas da moça. Infelizmente, Demi não ficou por perto tempo suficiente para descobrir.
A limusine estacionou do lado de fora de Oakmere Abbey e Demi pisou sobre um tapete vermelho que se estendia até a porta de entrada. Por um segundo, ela se sentiu tonta e piscou os olhos surpresa, mas o momento de entusiasmo foi imediatamente esquecido ao ver o que tinha sido feito com a casa. Há uma semana, Joe enviou um exército de trabalhadores e decoradores para tornar alguns ambientes habitáveis. Quando ele insistiu que queria fazer uma surpresa, ela ficou preocupada que ele pudesse permitir que estragassem a atmosfera da casa com cores e móveis apropriados.
A porta principal estava completamente aberta. Ela divagou e imediatamente sorriu quando viu a lareira acessa na sala fria. Um maravilhoso arranjo de flores repousava sobre a mesa com duas cadeiras antigas compondo o ambiente.
- O que acha? - Joe perguntou.
Ela olhou ao redor. Com o vestido de seda branca se enrolando como um redemoinho em suas pernas, Demi viu a sombra de Joe na parede. A claridade que vinha da janela iluminava os cabelos negros e o olhar devastador no rosto de Joe. Ela soltou um suspiro comovido.
- Eu... eu...
- Você está linda nesse vestido - Joe interrompeu, observando-a longamente.
- Você não precisa falar esse tipo de coisas.
- Eu preciso sim e você precisa ouvir - Joe passou a mão nela e colocou-a de frente ao espelho do outro lado da parede.
- Tem que aprender a ver o que eu vejo.
- Não, não preciso. Nunca gostei de bajulação.
- Isto não é bajulação. Pela primeira vez você está vestindo algo que valoriza suas formas divinas!
Demi abriu os olhos e os revirou para mostrar que não estava impressionada com o elogio.
- Minhas formas não...
Os olhos cor de mel dele demonstraram impaciência.
- Veja seu rosto, sua estrutura óssea... e esse cabelo maravilhoso. Também tem um corpo esplendoroso - ele a informou, com as mãos já deslizando pelos seus seios de um modo que a deixou trêmula.
- Eu adoro isso.
- Sério? -. Demi resmungou enquanto observava as mãos firmes dele deslizarem pelas costelas tensas até repousarem na cintura dela antes de alisarem os mamilos arrepiados.
- Você não consegue ver? - Joe deslizou os dedos longos até a região da barriga para puxá-la para junto dele, sua excitação era flagrante.
As bochechas dela ruborizaram, enquanto uma secreta explosão de satisfação feminina a envolvia.
- Se digo que você é sexy, é porque você é sexy. - Joe revelou enquanto passava a língua pelo pescoço dela até queda tremesse. - Mas agora nós não temos nada mais importante para nos preocuparmos e eu acho ótimo. O padre que celebrou nosso casamento há oito anos nos espera na sala ao lado para nos abençoar.
Demi, que já estava constrangida com aquele pequeno interlúdio caloroso, ficou mais desconcertada ainda com a declaração.
-Como assim?
- Você disse que não se sentia casada comigo... e eu pensei que uma bênção pudesse melhorar a situação.
Tomada por várias reações hostis, nenhuma que ela quisesse dividir com, ele, Demi fechou a boca e olhou intensamente para a lareira antiga. Imagine Joe se metendo em uma situação ultrajante só para impressioná-la! Imagine o cinismo de um cara que de chantagem para forçá-la a ficar casada, ousar pedir a bênção para ratificar o ato!
- É minha maneira de demonstrar que estou disposto a fazer nosso casamento dar certo.
- Mas eu não estou.- Demi confidenciou com uma sinceridade crua.
- Dê um tempo e estará.
Demi não disse nada, não achava que o local e a hora eram apropriados para discutirem a questão. O padre os recebeu com satisfação. - A sinceridade que emanava dele fez Demi lembrar algo que a deixou constrangida. Como poderia receber uma benção o coração aberto se o mesmo já estava
fechado as palavras que seriam pronunciadas? Como poderia continuar negando o fato de que ainda o amava desesperadamente? Seria tão idiota dar mais uma chance a Joe? Quando Joe colocou uma nova aliança de noivado no dedo dela, ela quase teve uma convulsão emocional. Depois que o padre saiu, ficou confusa e sua determinação em brigar com Joe por qualquer motivo foi tremendamente abalada.
Joe a conduziu para uma outra sala onde uma mesa estava elegantemente posta.
- Só para nós dois?
- Quero você só para mim. Desta vez, quero que tudo seja perfeito - Joe informou sem hesitar.
A comida estava maravilhosa. Ela experimentou dos vários pratos, enquanto ouvia a fala lenta, sexy e melodiosa de Joe admitindo o maravilhoso prazer da companhia dela. De vez em quando, ela se deleitava com uma simples olhada para o corpo forte e bronzeado, o olhar sedutor e a boca sensual e bem delineada de Joe. Ela precisava voltar sua atenção para a comida antes que seu coração disparasse.
Ela focou a nova e reluzente aliança. Aquele presente tinha sido uma agradável surpresa e muito apreciado, já que ela há muito tempo tinha deixado a aliança original em Atenas.
- Está satisfeita? - Joe indagou.
Demi assentiu com a cabeça com medo de falar e, de algum modo, destruir o encantamento que a envolvia.
Ele estendeu a mão na direção dela e Demi retribuiu sem pensar muito.
- Agora, vamos dançar.
Demi apenas riu, enquanto ele a conduzia pela sala. .
- Como podemos dançar?
De repente, ela ouviu a música. As notas vinham em cascatas de trás do biombo esculpido na parte de acima da sala, e os móveis haviam sido empurrados para as paredes. Ela encarou o olhar sorridente de Joe e exclamou surpresa.
- Há músicos lá em cima?
- Tocando apenas para nós dois - abraçando-a, Joe rodopiou com ela pela sala antes que ela recobrasse o fôlego.
- Há oito anos, você até se recusou a dançar comigo.
- Eu estava muito constrangida para levantar diante de todos os convidados. Mas você só me convidou uma vez.
- Era só precaução, mas já deixei isso de lado. Eu ainda era um garoto e meu orgulho estava ferido - Joe confessou de forma irônica. - Seu avô comprou-lhe um marido e todos sabiam disso.
- Oh, não, Joe. Você certamente não tinha outra escolha.
- Os amigos me consideraram um felizardo por ganhar uma verdadeira herdeira. Afinal, Theo era e ainda é milionário, e meu perdulário pai estava à beirada falência. Eu me sentia comprado, de corpo e alma, e isso me deixava furioso - Joe admitiu secante. Como ela poderia ser tão honesta em outros untos e ainda assim ter que fingir que não tinha escolha sobre quem iria se casar com ela? - Eu não fui feliz até pagar cada centavo.
Demi estava perplexa.
- Não, não - ela protestou, constrangida com o e ele estava admitindo. Nunca tinha pensado assim. - Eu teria morrido se soubesse que você se sentia desse jeito.
- Mas eu realmente me sentia assim. - Joe olhou para ela com lamentável remorso.
- Vaidade demais - ela censurou desconfortavelmente.
- Talvez. Certamente, quando Theo me disse na semana passada que iria cortá-la de seu testamento, fiquei aliviado. Isso nos deixa livre da interferência financeira dele.
- Sim - Demi estava feliz com o modo como ele a conduzia pela sala no ritmo da música. Ela estava flutuando nos braços do homem dos se sonhos. - Eu sempre quis que nosso casamento fosse como agora.
- Esta é a intenção. É como deveria ter sido Joe acrescentou, abaixando a cabeça para beijá-la, o corpo dela se contorceu de tensão e a resposta veio em forma de energia incandescente. - Aquilo não foi planejado. Estou buscando perfeição dessa vez – Joe confidenciou. - Nós ternos que cortar o bolo, beber champanhe...
Demi agarrou a gola do paletó dele, ficou na ponta dos pés e cochichou no ouvido dele:
- Nós poderíamos levar o bolo e o champanhe para a cama conosco...
Joe ficou surpreso e encarou-a.
- Demetria Jonas, o que aconteceu com você? Demi encostou o rosto quente no paletó dele deliciando-se com o perfume familiar e sensual de Joe. Ela se sentiu fraca de desejo.
- Não sei, mas se sua intenção é a perfeição, seria um erro ficar tão preso à programação.

Joe deu um sorriso espontâneo de satisfação e arrastou-a da sala sem fazer barulho.

  SELINHO:
          Obrigado  Yumi H. e Rafa S e Danyelle Alves





- Regras:

  • Tem que passar a tag para 5 blogs;
  • Repassar com o selinho (imagem);
  • Colocar o link de quem criou e de quem passou;
  • Assim que receber a tag, tem que repassa-lo no prazo de 1 semana;
  • Avisar ao blog que tem tag para eles;
  • Tem que criar 5 perguntas das quais os blogs escolhidos terão de responder.

Quem criou: Lado Negro


- Perguntas Respondidas: 
  1. Qual foi a melhor história (sendo de livro ou fanfic) que você já leu?A melhor história que já li foi  ... estou lendo uma série agora da autora Sylvia Day a série crossfire, é uma ótima história dependendo de sua mentalidade e idade ( é bem HOT). Mas não sei se é a melhor que já li, mas está sendo a história que estou acompanhando no momento.  
  2. Com quem você teria certeza que passaria o dia rindo (sendo famoso ou não)? essa é fácil, sou bem moleca não nego, mas tem uma pessoa que me tira o fôlego de rir que é minha parceira de trabalho, ela é uma palhaça naturalmente. ( não citei famoso porque não conheço nenhum ;) )
  3. Qual é a música tema da sua vida? dificil sou fã de carteirinha dos Beatles, simplesmente adoro todas as músicas deles e também adoro as músicas mais lentas de Demi Lovato tipo IN CASE meu atual vicio desse novo CD. 
  4. Quem você chamaria para o seu casamento se pudesse? O Obama ou a rainha Elizabeth II?Nenhum dos dois não fariam a menor diferença, só importaria meu futuro marido kkk.  
  5. O que achou do filme Em chamas? Se não assistiu, se sinta envergonhado. E se não gostou, leia o livro, porque tenho certeza que mudará de ideia em 413 páginas ( não tenho vergonha de dizer que ainda não assisti o filme pois não tive tempo, trabalho e provas de fim de ano na faculdade sugam sua vida, mas também não sou fã da série já li os livros e não e prendeu como outras séries que já li, assisti o primeiro filme da série e não gostei. Então tô tranquila quanto a isso.

Quem Criou:Lado Negro
Quem passou:City Of Bones

1-Gosta de Dilmer?Por quê? Gosto... acho que o que importa numa relação é saber que um faz bem pro outro se tiver isso com certeza tem amor, paixão e acho que wilmer e Demi combinam.    
2-Se você pudesse trocar de corpo com alguém,com quem trocaria?Por quê? Eu não trocaria meu corpo com ninguém, gosto de como eu sou ;) 
3-Se sua vida fosse um filme,qual seria sua trilha sonora? what does the fox say???kkkk não uma musica que eu adoro de verdade é Beautiful da Cristina Aguilera ( apesar de não gostar da cantora), assim como muitas pessoas tive meus problemas e comecei no inicio de meus 5 anos e demorei pra cair na real e tem musicas que simplesmente dizem tudo sobre você.
4-Qual foi a melhor fic que você já leu até hoje? tem uma que ainda não terminou e nem sei se vai terminar que é Catch me foi a primeira fic que li e ainda não terminou :( isso mata um. Já li muitas fics realmente boas mas essa eu necessito do final. 
5-Niley ou Nelena?
nenhum me desculpem quem gosta do nick Jonas ( eu amo), mas acho esses Jonas uns canalhas principalmente depois de hoje, gosto muito das duas e ainda bem que se livraram desse mal aliás as 3 Demi também teve essa competência acho que elas merecem pessoas que as façam felizes.  

- Minhas Perguntas:
  1. Se você estive numa ilha deserta acompanhada de Joe Jonas e pudesse fazer o que quisesse com ele o que faria? seja má!
  2. qual a melhor musica de 2013 na sua opinião?
  3. uma história marcante?
  4. Uma musica tema de sua infancia?
  5. uma realização em 2013 e um desejo pra 2014.
Repassando:








Agora vou desabafar: QUAL O PROBLEMA DO JOE JONAS SERÀ QUE ELE DERRETEU O CÉREBRO DELE SE É QUE ELE TEM UM, QUE ENTREVISTA MAIS R.I.D.I.C.U.L.A, CERTO DEMI NÃO E NENHUMA SANTA E ELA NUNCA SE MOSTROU UMA, PELO CONTRÁRIO SEMPRE FOI UM LIVRO ABERTO E MILEY NEM PRECISO COMENTAR SUAS ATITUDES JÁ FALAM POR SI SÓ ISSO É SER SINCERO O QUE JOE FEZ FOI UMA TREMENDA COVARDIA, NEM DEMI NEM MILEY COLOCOU NOME DE NINGUEM PRA SE SAFAR DAS BESTEIRAS QUE FIZERAM AI VEM UM ( DESCULPEM FÃS DOS JONAS) UMA CRIATURA EM FIM DE CARREIRA QUERENDO SEUS ULTIMOS 15 MINUTOS DE FAMA, POR FAVOR NÉ ACHOQUE ESTÁ NA HORA DE UMA PESSOA APRENDER A SER HOMEM E PENSAR BEM NO QUE FALA, GENTE NINGUÉM É OBRIGADO A NADA QUE NÃO QUEIRA FAZER, A NÃO SER QUE TENHA UMA ARMA APONTADA PRA CABEÇA,  POR QUE SE NÃO É APENAS UMA DESCULPA DE UMA PESSOA COVARDE!!!        

Agora o mais lindo de tudo isso foi a resposta da Demi ``LOVE YOU BROTHER`` é assim que se faz, sem descer do salto pra calar esse canalha!!!!


19 comentários:

  1. Faz um tempinho que leio o seu blog e ele é incrível.Parabéns! Engraçado, ainda também espero o final de Catch Me .. Kkkk. Bruna

    ResponderExcluir
  2. concordo demais!! foi completamente desnecessário ele ter falado tudo isso...
    mas sobre a fic... como que você para nessa parte?? quer matar a galera do coração! hahahaha
    serio ta ficando linda..
    posta mais loguinho :)

    ResponderExcluir
  3. Capítulo perfeito! Cara, você falou tudo, esses Jonas (Joe e nick) não prestam! Estou tão chateada com essa palhaçada, ele foi tão idiota <\3

    ResponderExcluir
  4. olha to sendo sicenra seu blog ta demais vc escreve muito bem esse capitulo foi demais posta

    ResponderExcluir
  5. ta perfeito posta mais

    ResponderExcluir
  6. concordo plenamente c vc querida qto ao joe jonas .....é exatamente por atitudes assim q PERDEU a demi .....q nq minha opinião ñ se deve desistir de um amor ,mas nesser caso foi desistir do desamor....joe precisa crescer urgentemente !!!!!

    ResponderExcluir
  7. n demora pra postar bjos

    ResponderExcluir
  8. Um homem com axo q 23 anos ne? Ser influenciado por uma adolecente? Poupe-me joe jonas vc perdeu o pouco respeito q ainda tinha por vc eu acho assim q vc n tem nenhuma doenca mental pra usar maconha pq duas GAROTAS MAIS NOVAS Q VC pediram
    Demi ja usou sim mas ela assumiu o erro, ja se cuidou, mas ela n ia ta "prove prove" ate pq ela n ia ganhar nada com isso pq pelo q eu saiba ela usou nao traficou
    Quanto a miley provavrlmente ela use ainda mas ela e bem honesta em relacao a isso, mas por q diabos ela ia ficar oferecendo? E pq meu senhor jesus joe aceitou kkk as duas garotas tiveram mais coragem de assumir seus problemas do q um homem. E o pobrr coitado foi FORCADO a entrar na carreira, ate parece q ele nao ama a fama q TINHA pq agr ele ta pra baixo e diley ta no topo, culpar a disney por tudo e exageiro ne
    Sobre o capitulo ta divo, mas vc ainda vai postar sobre Jemi dps do q aconteceu? E a proposito ele tbm respondeu a ela "i love you sis" idiota
    Eu realmente amo as fics no momento eu imagino qualquer personagem alem do joe kkk
    beijos
    obs: ta meio grandinho ne?

    ResponderExcluir
  9. n deixa; cotinua falando de jemi!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Por favor continua postando Jemi... <3 sobre o capitulo me deixou morrendo de curiosidade.. *-* Posta Logo...

    ResponderExcluir
  11. To apaixonada por essa fic
    esse final *-*
    Posta logooo
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  12. onde foi essa entrevista ???

    ResponderExcluir